02 Abr, 2016

UM CARDÁPIO DE IDIOMAS

02 Abr, 2016

No dia 31 de março de 2016, a Casa Branca foi palco de um jantar de trabalho que reuniu líderes de 56 organizações e países (inclusive do Brasil). O prato principal era o debate sobre a segurança nuclear do planeta – cujo sabor trazia o travo preocupante e triste dos últimos atentados terroristas na Europa e na Ásia. Porém, para que a receita do jantar internacional não desandasse, foi preciso contar com um ingrediente indispensável: a tradução simultânea.

Juntos, os líderes presentes à cúpula falavam 16 idiomas diferentes – do inglês ao japonês, passando por norueguês, francês, coreano e português. Enquanto na sala principal os representantes das nações discutiam o tema central do encontro, nos bastidores uma equipe de intérpretes de conferência fazia a tradução simultânea para que todos se entendessem.

Com o perdão dos chefes de estado presentes, aqui no site da Vox o destaque vai para nossos colegas de profissão, que puseram ordem nessa salada linguística. A foto maior, acima, mostra a estrutura montada na Casa Branca para receber os profissionais da interpretação: a cada portinha azul, uma cabine; em cada cabine, uma dupla de intérpretes representando um idioma. A imagem menor, abaixo, registra o salão do jantar, onde a conversa de alto nível diplomático só foi possível graças à atuação dos tradutores.

«
»

Leave a comment:

O seu endereço de e-mail não será publicado.